Free Hosting

Free Web Hosting with PHP, MySQL, Apache, FTP and more.
Get your Free SubDOMAIN you.6te.net or you.eu5.org or...
Create your account NOW at http://www.freewebhostingarea.com.

Cheap Domains

Cheap Domains
starting at $2.99/year

check

 

Maratona Intelectual Euclidiana - 88ª Semana Euclidiana de São José do Rio Pardo
Ciclo Básico


Prof.ª Cidinha Granado

1.Em termos de Literatura Brasileira, o livro Os Sertões é importante porque:
a) é uma obra impregnada de romantismo.
b) é uma obra que retrata a destruição de uma população marginalizada e culturalmente atrasada.
c) é o marco divisor de nossa literatura e o ponto de partida para os escritores posteriores da linha regionalista do Modernismo.
d) é uma obra que apresenta três partes fundamentais do trinômio de Taine: meio, raça e momento.
e) tem um estilo pomposo e oratório para impressionar os leitores.

2. Assinale a afirmação falsa, baseando-se em Os Sertões:
a) divide-se a obra em três partes: A Terra, O Homem, A Luta.
b) pertence ao período literário denominado Pré- Modernismo.
c) na primeira parte emerge a figura do chefe da revolta, Antônio Conselheiro, o sertanejo que representa todos os combatentes/lutadores
d) a natureza condiciona o comportamento do homem de acordo com as concepções do determinismo científico de fins do século XIX.
e) mapeou problemas brasileiros que ainda hoje são estudados: sertão, seca, povoamento, religiosidade popular, insurreições, revoluções, até reforma agrária e sem - terra.

3. O operário urbano e os movimentos grevistas é o tema focalizado em:
a) "Um Velho Problema"
b) "Primado do Pacífico"
c) "Plano de uma Cruzada"
d) "Conflito Inevitável"
e) "Os Caucheiros"

4. "Fazedores de Desertos", "Um velho problema", "Judas Ahsverus", "Transacreana" são artigos ou estudos que se encontram respectivamente nas obras:
a) Peru versus Bolívia Contrastes e Confrontos
b) Castro Alves e seu tempo Contrastes e Confrontos
c) Contrastes e Confrontos À Margem da História
d) Os Sertões Peru versus Bolívia
e) Canudos, diário de uma expedição À Margem da História

5. "Em Judas Ahsverus", Euclides da Cunha focaliza:
a) A seca e suas consequências.
b) A necessidade de integração do Nordeste ao restante do país.
c) Um possível conflito entre os seringueiros.
d) A autopunição do sertanejo enganosamente atraído para a Amazônia.
e) A deficiência de nossas ferrovias.

Prof.ª Marilisa Bilia

6. Assinale a alternativa correta:

a- Euclides da Cunha desejou ardentemente, devido a sua forte admiração pelo povo sertanejo, ter em suas veias o sangue "celta e tapuia".

b- Filho de caixeiro viajante, uma vez órfão, ficou aos cuidados de suas tias maternas, tendo assim uma infância peregrina

c- Em 1883, freqüentando o afamado colégio Aquino, no Rio de Janeiro, deu-se o primeiro encontro com o professor Benjamin Constant, professor de matemática que iria reencontrar na Escola Militar.

d- Influenciado pelo tio Antonio, com quem passa parte de sua infância, decide ingressar na Escola Politécnica, do Rio de Janeiro, para estudar engenharia.

e- "Os Sertões" é a única obra em que Euclides registra seu comprometimento e interesse com a realidade que o circunda.

7. Leia atentamente as alternativas e assinale apenas a alternativa incorreta.

a) Contraste e Confrontos foi o segundo livro editado do autor. Sob esse título o editor português Joaquim Serrão reuniu artigos publicados em O Estado de São Paulo e O País. Tais artigos antecedem sua ida à Amazônia. O livro foi publicado em 1907.

b) A crise que se instalara entre Brasil e Argentina, teve início com a publicação do Relatório da Comissão Mista Brasileiro- Peruana de Reconhecimento do Alto Purus. O Ministro da Argentina Estaniláo Zeballos não o aprovara julgando-o prejudicial, no que se referia aos limites territoriais de seu país.

c) Em setembro de 1909, é publicado Peru versus Bolívia.

d) Através da ação diplomática do Barão do Rio Branco, o tratado de
Petrópolis foi assinado em 17 de novembro de 1903.

e) É com a ajuda dos amigos Oliveira Lima, José Veríssimo que, por sua vez conta com a ajuda de Domício da Gama, que Euclides consegue uma vaga junto à Comissão Brasileira para o Alto Purus.

8. Assinale a alternativa em que a ordem dos fatos cronológicos é correta:

a) Após o trabalho de reconstrução da ponte sobre o rio Pardo, na
cidade de São José do Rio Pardo, Euclides segue em comissão
para a Ilha de Búzios, a fim de averiguar a possibilidade da construção de um presídio em alto mar.

b) Em 1903, ano em que saía a 2ª edição de Os Sertões, Euclides é eleito sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (em abril) e membro da cadeira nº 7 da Academia Brasileira de Letras (em setembro).

c) 1903 é o ano da publicação da 2ª edição de Os Sertões e da nomeação de chefe de seção da Comissão de Saneamento de Santos.

d) Em 1908 é nomeado membro do corpo docente do Ginásio Nacional. Neste mesmo ano é publicada sua última obra À Margem da História
e) Em 1906 é nomeado chefe da Comissão do Alto Purus. No mesmo ano parte para o Amazonas. Em 1907 publica o relatório a respeito do acordo realizado no Acre, entre brasileiros e peruanos.

9. Leia atentamente as afirmativas e assinale apenas a alternativa correta:
A - No Pará conheceu o cientista Emilio Goeldi e o botânico Jacques Huber que lhe forneceram informações importantíssimas acerca da Amazônia. Emilio Goeldi lhe dera uma monografia preciosa sobre a Vegetação no rio Purus.
B - Em Manaus, durante a espera das instruções do Barão, Euclides ocupara-se estudando, pesquisando a respeito da região no arquivo do estado. Entre o material de que dispunha encontravam-se os roteiros coloniais da região deixados pelo inglês Willian Chandless, da Real Sociedade de Geografia de Londres, explorador do Purus.
C - A flotilha brasileira que partira para a Amazonas estava acompanhada pela lancha "Cahuapanas" dos peruanos que era chefiada por Pedro Buenãno.
D - Em um acidente acontecido durante a subida rumo ao Purus, a comissão brasileira perdera o batelão "Manuel Urbano", carregado de víveres.
a)Apenas a alternativa A é correta
b)Apenas as alternativas A e B são corretas
c)Apenas as alternativas C e D são corretas
d)Apenas a alternativa D é correta
e)Apenas as alternativas B, C e D são corretas
10. Leia atentamente as afirmativas e assinale apenas a alternativa correta:
A - A atração que a questão da Amazônia exercia sobre Euclides data de tempos anteriores a sua ida àquela região. De fato, publicava em O Estado de Conflitos Inevitáveis. Nesse artigo Euclides previa a futura crise entre Peru e Brasil, em razão da Amazônia.

B - Em 1903, mais precisamente a 20 de fevereiro, em carta emitida de Lorena a Luis Cruls, Euclides expressa seu desejo de ir até o Acre. Embora o repugnasse "o pedido e o empenho" fora através da interferência de José Veríssimo que, acolhendo seu pedido, foi capaz de promover o encontro de Euclides e o Barão do Rio Branco, então Ministro do Exterior, através da colaboração de Domício da Gama, então, o secretário do Barão.

C - Euclides é nomeado Chefe da Comissão Mista de Exploração do Alto Purus após ter vencido o concurso promovido pelo Itamarati.

D - Ao retornar da Amazônia Euclides fora nomeado para fiscalizar a Madeira Mármore.
a)Apenas a alternativa A é correta
b) Apenas a alternativa B é correta
c)Apenas as alternativas A e B são corretas
d)Apenas as alternativas C e D são corretas
e)Apenas as alternativas B e C são corretas

Prof.ª Rachel Ap. Bueno da Silva

11. A demora em publicar Os Sertões deu-se principalmente por :
a) falta de dinheiro para investir na publicação;
b) alto índice de analfabetismo no Brasil;
c) traumas causado pela Guerra de Canudos;
d) falta de interesse do jornal O Estado de São Paulo;
e) n.d.a.

12. "Escrito nos raros intervalos de folga de uma carreira fatigante..."

No trecho acima, referente à Nota Preliminar de Os Sertões,Euclides da Cunha apresenta-nos importante dado sobre sua vida que podemos apontar como:
a) falta de interesse em escrever o livro;
b) falta de interesse na publicação do livro;
c) reflexo de sua vida agitada;
d) problemas familiares;
e) n.d. a.

13. Euclides da Cunha aponta na Nota Preliminar de Os Sertões um fator importante, "uma coordenada histórica", que separa o homem do litoral do homem sertanejo. O fator a que ele se refere é:
a) a geografia;
b) o tempo;
c) o clima;
d) a hidrografia;
e) n.d. a .

14. Euclides da Cunha acreditava no esmagamento das raças fracas pelas raças fortes, no sertão brasileiro isso ocorreria de que forma?
a) pelas guerras;
b) pela civilização que avançava;
c) pelas invasões estrangeiras;
d) pelos fenômenos religiosos;
e) n.d. a .

15. "Aquela campanha lembra um refluxo para o passado ". Podemos entender a citação acima como:
a) a Guerra de Canudos não foi um avanço na história, mas um retrocesso, um erro;
b) a Guerra de Canudos tinha que acontecer para mostrar a força da República;
c) a Guerra de Canudos foi um mal necessário;
d) a Monarquia tinha que ser restaurada para que houvesse ordem;
e) n.d.a.

Prof.ª Rosângela Aparecida Pereira

16. Euclides da Cunha chamou uma vegetação da caatinga de "árvore sagrada do sertão". Referiu-se:
a) umbuzeiro
b) palmatória
c) facheiro
d) mandacaru
e) xiquexique


17. Quando Euclides em seu livro relata o episódio dos "higrômetros singulares", referia-se as condições climáticas do Sertão (Canudos). Nesse caso atestava a:
a) umidade do ar
b) secura do ar
c) pequena variação térmica
d) chuvas mal distribuídas
e) amplitude térmica

18. Segundo o regime de curso, o rio Vasa-Barris é considerado:
a) rio perene
b) rio misto
c) rio transitório
d) rio com afluentes
e) rio caudaloso

19. O clima do Sertão apresenta:
a) temperaturas amenas
b) semi-árido com secas prolongadas
c) tropical com uma estação seca e outra chuvosa
d) chuvas bem distribuídas durante o ano
e) variações de temperatura bem equilibradas

20. A vegetação xerófila (caatinga), se diferencia daquelas de outras paisagens naturais. Ela é resultado de:
a) chuvas bem distribuídas o ano todo
b) solo pedregoso, misturado com argila
c) falta de uniformidade na precipitação e distribuição de chuvas
d) solo raso, com desgaste lento
e) solo com cloreto de sódio, salitre e gesso

Prof. Nicola Costa

21. Ariano Suassuna projeta Canudos na atualidade brasileira porque:
a) continuamos governados por uma insensível elite econômica e política;
b) ainda existem dois brasís, o oficial e o real, como na época de Canudos;
c) o Brasil real continua sendo desprezado e reprimido pelo Brasil real;
d) acontecimentos diários comprovam a semelhança com o arraial de Antonio Conselheiro;
e) todas as alternativas estão corretas.

22. Discordando das soluções do Brasil oficial, Ariano Suassuna propõe como alternativa para os problemas nacionais:
a) a globalização da economia;
b) o socialismo de pobre;
c) a internacionalização das empresas;
d) o Neoliberalismo;
e) nenhuma das alternativas anteriores.

23. Euclides da Cunha achava que a solução para problemas como o de Canudos estava em levar do litoral para o sertão:
a) a educação;
b) a civilização;
c) a europeização;
d) a urbanização;
e) todas as alternativas estão corretas.


24. O livro " Os Sertões", de Euclides da Cunha, é, para o escritor peruano Mario Vargas llosa:
a) uma obra ultrapassada;
b) um livro romântico;
c) um manual de latino-americanismo;
d) um livro equivocado;
e) todas as alternativas estão erradas.

25. Desde o padre Antônio Vieira até o escritor João Ubaldo Ribeiro, um dos mais graves problemas nacionais, praticado pela elite dominante, é:
a) a honestidade;
b) a falta de espírito público;
c) o patriotismo;
d) a tolerância com os "sem";
e) todas as alternativas estão corretas.


Prof. Marcos De Martini


26. O padre José de Anchieta, presente em artigo de Contrastes e Confrontos, de Euclides da Cunha, pertencia a Ordem religiosa dos:
a) franciscanos
b) beneditinos
c) jesuítas(ordem de Cristo)
d) cistercienses
e) dominicanos

27. No momento em que Anchieta veio para o Brasil, na metade do século XVI, a Europa estava passando por uma grave crise religiosa. Era :
a) o absolutismo do papa
b) a guerra dos cem anos
c) a cruzada contra os árabes
d) a reforma protestante
e) a guerra da reconquista

28. Durante o trabalho de catequese dos povos nativos do Brasil, o padre Anchieta foi um dos responsáveis pela fundação da cidade:
a) Rio de Janeiro
b) São Vicente
c) Santos
d) Salvador
e) São Paulo

29. Uma das missões mais perigosas vividas pelo padre Anchieta foi a pacificação de uma tribo de nativos que havia se aliado aos franceses contra os portugueses. Essa tribo foi a dos:
a) tupis
b) tamoios
c) guaranis
d) caiapós
e) gês
Prof.ª Célia Mariana Fernandes

30.O sertão é delimitado
a) ao norte pelo Rio São Francisco.
b) ao sul pelo Rio Vaza-Barris.
c) ao norte e ocidente pelo Rio São Francisco e ao sul pelo Rio Itapicuru.
d) ao norte e ocidente pelo Rio São Francisco e ao sul pelo Rio Vaza-Barris.
e) n.d.a.

31. A mestiçagem do sertanejo foi uniforme
a) devido aos preconceitos.
b) devido ao isolamento.
c) devido à religiosidade.
d) devido ao progresso.
e) devido ao atraso.

32. Em Canudos
a. era proibido beber aguardente e faltar às rezas.
b. era proibido assaltar povoados vizinhos.
c. era proibido o amor livre.
d. era proibido andar armado.
e. era proibido cantar.

33. Segundo Euclides da Cunha, o Conselheiro considerava a República como
a) a melhor forma de governo.
b) a pior forma de governo.
c) o Anticristo.
d) o Messias.
e) um reino de delícias.

Prof.ª Maria Olivia Garcia

34. Euclides da Cunha afirma que Gregório de Matos, por suas sátiras:
a) pertencia aos engajados `a literatura de protesto
b) era um semi-bárbaro à procura de vingança
c) era natural em sua expressão, por isso não se extinguiria
d) era o produto do cruzamento do europeu com duas raças bárbaras, agravado pela influência climática
e) n.d.a


35. Assinale a alternativa correta:
Euclides descreve o sertanejo como:
a) Uma raça inferior, incapaz de sobreviver ao meio, com um "progressivo estiolamento, provocado por uma inanição crônica e congênita"
b) O produto da "mais criminosa organização do trabalho que ainda engenhou o mais desaçamado egoísmo"
c) Um "Hércules-Quasímodo", que apresenta "uma displicência que lhe dá um caráter de humildade deprimente" e "uma preguiça invencível".
d) Homem impressionante, de uma adorável capadoçagem nacional, com a melancolia dos semi-bárbaros
e) n.d.a.

36. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):
a) Euclides percebeu que no Brasil estava se formando uma sub-raça, porém, à luz do determinismo da época, afirmou que aquele homem do nordeste era produto do cruzamento de raças inferiores e não da miséria ancestral.
b) A pobreza crescente no Brasil , segundo Josué de Castro, é resultante do cruzamento do índio com o negro.
c) O homem-gabiru é produto do cruzamento de raças inferiores.
d) O homem-gabiru é conseqüência da fome ancestral, que se perpetua por gerações.
e) n.d.a.

37. São determinantes para a formação dos "nanicos nutricionais", segundo o Dr. Zisman:
a) O desemprego e o fato de serem descendentes de uma raça inferior
b) A má alimentação que vem de gerações anteriores, somada ao sofrimento do feto com trabalhos pesados da gestante e ao ambiente de insegurança da família
c) O fato de não ultrapassarem 1,45m de altura e de terem um cérebro até 30% menor do que o normal
d) O clima da região onde vivem e o ambiente de insegurança da família
e) n.da.

38. Ao descrever o sertanejo como um "titã acobreado e potente", Euclides quer dizer que:
a) O sertanejo supera a si mesmo quando necessário
b) O sertanejo tem a pele dourada do sol e a musculatura rija de quem vive do trabalho braçal
c) O sertanejo, para se fortalecer, une-se ao jagunço
d) O sertanejo que ele viu em Canudos era forte e guerreiro
e) n.d.a.

39. Podemos concluir que o fator que mais contribui para a miséria do nordeste é:
a) A seca que atinge a região, provocando doença e morte todos os anos
b) O descaso dos políticos e a corrupção que impede a viabilização de órgãos como o DNOCS, no combate efetivo do problema.
c) O homem que habita o nordeste, pois é resultado do cruzamento de raças inferiores.
d) As verbas enviadas não são suficientes para o problema.
e) n.d.a.

40. Só teremos uma perspectiva de melhoria para o povo brasileiro quando:
a) Todas as regiões brasileiras conseguirem entrar na Terceira Onda Econômica
b) O DNOCS ficar livre da corrupção política.
c) O presidente estabelecer, por lei, que todos devem ter salários iguais.
d) O governo investir o suficiente em Educação e Cultura e as pessoas mudarem suas atitudes e hábitos , exigindo também honestidade e transparência dos que governam a nação.
e) n.d.a.

Prof.ª Leila Lotti

41. 'A seca não apavora. É um complemento à sua vida tormentosa, emoldurando-a em cenários tremendos. Enfrenta-a, estóico. Apesar das dolorosas tradições que conhece através de um sem-número de terríveis episódios, alimenta-a todo o transe esperanças de uma resistência impossível."

Este trecho extraído do livro "Os Sertões", enfatiza a resistência do sertanejo à seca e à vida; quais as expressões usadas pelo autor ao apresentar a mesma resistência em situações de conflito e guerra?

a) diante do perigo desperta um titã acobreado e potente, que se oculta na imagem frágil do sertanejo cansado; Hércules-Quasímodo;
b) o Hércules-Quasímodo, homem de aparência forte e batalhadora; o titã acobreado, que desperta para lutar e vencer;
c) Hércules-Quasímodo, impulsivo e violento, forte adversário para o sertanejo;
d) Titã acobreado, herói do sertão, sempre imponente e vencedor;
e) Hércules-Quasímodo, impulsivo e violento, forte adversário para o sertanejo.

42. Analisando a freqüente batalha do sertanejo pela sobrevivência no sertão, concluímos que a situação se repete na atualidade. São problemas da época que persistem atualmente:
a) injustiças sociais, acidentes nucleares, seca, mortalidade infantil e desnutrição;
b) corrupção, analfabetismo, saneamento básico, seca e desequilíbrio ecológico;
c) miséria, desigualdade social, violência, AIDS e educação precária;
d) concentração do capital pela minoria, educação precária, desnutrição, seca e injustiças sociais;
e) seca, desnutrição, analfabetismo, desequilíbrio ecológico e violência.

43. O missionário Antônio Conselheiro, era considerado um lider pelos sertanejos; o que fez que sua figura atraísse multidões ?
a) a proposta revolucionária, que prometia uma nova forma de governo, com melhores condições de vida
b) promessas de uma vida melhor no litoral, onde as terras prosperavam e não havia seca ou guerras
c) a situação rudimentar do povo do sertão, que se prendeu à promessas de uma vida melhor, acreditavam no "enviado divino" que os ajudaria seguir rumo ao céu
d) a guerra de Canudos, os expulsou, fez com que os sertanejos seguissem Antônio Conselheiro para a terra prometida, onde se vivia bem
e) as constantes batalhas, sem vitórias, travadas entre os sertanejos e os gaúchos do litoral

44. No que diz respeito à mestiçagem podemos dizer que o sertanejo:
a) possui uma raça pura, uma vez que a imigração de estrangeiros brancos fixou-se mais ao sul do país.
b) Possui uma raça totalmente mista, originária da miscigenação do negro, do branco e do índio, com uma intensidade superior ao sul, pois foi no litoral que desembarcaram os primeiros navios de escravos negros
c) Possui uma raça mestiça, mas com intensidade inferior a do sul do país, onde fixavam a maioria dos imigrantes europeus
d) Possui uma raça mestiça resultante apenas da junção das raças branca e tupi
e) n.d.a


45. "Graças a um contrato pelo qual percebem certa percentagem dos produtos, ali ficam, anônimos - nascendo, vivendo e morrendo na mesma quadra de terra - perdidos nos arrastadores e mocambos; e cuidando, a vida inteira, fielmente, dos rebanhos que lhes não pertencem "
Este trecho de "Os Sertões" indica:
a) o grande contraste existente entre a vida do sertanejo, e a do gaúcho do sul, com seus rebanhos fartos
b) A fidelidade dos fiéis a Conselheiro, até mesmo no trabalho com as colheitas e os rebanhos
c) O destino dos seguidores de Conselheiro após a Batalha de Canudos
d) A vida dos sertanejos nas terras que conquistaram na Batalha de Canudos
e) A escravização indireta à que se submetia o sertanejo, como único meio de sobrevivência

Prof. Ary Menardi

46. O maior divulgador da climatologia dinâmica no Brasil é:
a) Monteiro
b) Sthraler
c) Pedelaborde
d) Hann
e) Koeppen

47. A palavra barriguda refere-se a:
a) formação vegetal
b) formas de relevo
c) animal nativo
d) meio ambiente
e) mata branca

48. O rio nordestino chamado "Rio da Unidade Nacional" é:
a) Tocantins
b) São Francisco
c) São Lourenço
d) Tietê
e) Araguaia

49. O clima no sertão não é deserto. Por isso, é denominado:
a) tropical
b) equatorial
c) subtropical
d) semi-árido
e) mediterrâneo

50. São exemplos de estados nordestinos marcados pela presença da caatinga:
a) Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte
b) Paraíba, Pernambuco, Tocantins e Bahia
c) Bahia, Sergipe, Alagoas e Amazonas
d) Ceará, Alagoas, Pernambuco e Paraíba
e) todas as alternativas estão corretas

O Berrante Online é uma criação coletiva do Coletivo Euclidiano. Contribuições são bem-vindas!